Histórico

Antes mesmo da primeira edição, o “Seminário de metodologias aplicadas à pecuária de regiões semiáridas” é fruto de parcerias entre instituições nacionais e internacionais. O Center for Natural Resource Information Technology (CNRIT) da Texas A & M University (TAMU) tem trabalhado com os pesquisadores brasileiros em projetos relacionados no Brasil, desde a década de 1990. CNRIT e EMBRAPA originalmente colaboraram no desenvolvimento de equações NIRS fecal para pequenos ruminantes. Mais recentemente, CNRIT recebeu um pesquisador visitante da EMBRAPA (Dr. Marco Bonfim) para colaborar no desenvolvimento de equações NIRS fecal para amostras úmidas de fezes recém-coletadas para reduzir o tempo de análise e incrementar o modelo de simulação de balanço nutricional de pequenos ruminantes utilizado pelo CNRIT. Dessa parceria resultou o I Seminário Internacional: Bases teóricas e práticas da experimentação com pequenos ruminantes em pastejo no Nordeste brasileiro, realizado em 2012, em Fortaleza-CE.

Paralelamente, nova parceria passou a ser construída, enfocando a modelagem da produção de forragem em áreas com vulnerabilidade climática, fruto de discussão no VIII Congresso Nordestino de Produção Animal em Fortaleza, Brasil, em 2013. Nesse mesmo evento ocorreu o Simpósio de Forragicultura e Pastagens, organizado pelo coordenador da presente proposta, que abordou a problemática da produção animal em regiões áridas e semiáridas e contou com vários palestrantes entre eles, o Dr. Jay Peter Angerer, da Texas A & M University, e o prof. Rodrigo Gregório da Silva, do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Ceará-IFCE, palestrantes também no evento aqui proposto. Adicionalmente, o CNRIT trabalhou em colaboração com EMBRAPA, UFC, UFPB e UFRPE no treinamento em desenvolvimento de equações do NIRS, que redundou na realização do II Seminário Internacional: Bases teóricas e práticas da experimentação com pequenos ruminantes em pastejo no Nordeste brasileiro, em 04/11/2014, também em Fortaleza-CE.

Recentemente, o Programa de Doutorado Integrado em Zootecnia-PDIZ/UFPB/UFC/UFRPE, juntamente com a Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária-EMBRAPA Caprinos e Ovinos e com o apoio da CAPES realizaram de 27/04/2015 a 08/05/2015 a Escola de Altos Estudos “Abordagem experimental para modelagem de ecossistemas de pastagens” no Departamento de Zootecnia do Centro de Ciências Agrárias-UFC, em Fortaleza-CE. O evento foi coordenado pelo Prof. Magno José Duarte Cândido, do DZ/CCA/UFC e ministrado pelo Doutor Jay Peter Angerer, Pesquisador Assistente no Blackland Research and Extension Center da Texas A&M University.

Posteriormente, o Programa de Doutorado Integrado em Zootecnia-PDIZ/UFPB/UFC/UFRPE, com apoio da Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária-EMBRAPA Caprinos e Ovinos, INCT – Pecuária no semiárido, Banco do Nordeste e SEBRAE, realizaram em 28 e 29/11/2016 no Departamento de Zootecnia do Centro de Ciências Agrárias-UFC, em Fortaleza-CE, o III Seminário: Bases teóricas e práticas da experimentação em ecossistemas pastoris no Nordeste Brasileiro, realizado em 28 e 29/11/2016. O evento também foi coordenado pelo Prof. Magno José Duarte Cândido, do DZ/CCA/UFC. Mais um desdobramento dessa rede de pesquisa que se inicia culminou no IV Workshop de metodologias aplicadas à produção de pequenos ruminantes, realizado conjuntamente com o XII Congresso Nordestino de Produção Animal em Petrolina-PE, de 14 a 16 de novembro de 2017.

A partir da realização dos eventos anteriores, foi reunida a equipe para discussão e elaboração de propostas nesta linha de pesquisa, que culminaram na aprovação de dois projetos com financiamento pelo CNPq e CAPES, intitulados: Modelo para reduzir a incerteza da produção animal em áreas com vulnerabilidade climática; e Modelo de predição, ajuste e incremento da capacidade de suporte de pastagens naturais do Semiárido Brasileiro frente às mudanças climáticas. Dessa forma, fica patente a percepção dos pesquisadores do Semiárido Brasileiro da necessidade de padronização e integração das metodologias e alinhamento das linhas de pesquisa, com suporte de especialistas internacionais, a fim de fortalecer essa nova rede de pesquisa em ecossistemas pastoris semiáridos, que agora será objeto de discussão no III International Symposium on Semiarid Pastoral Ecosystems Research e o V Simpósio de Metodologias Aplicadas a Ecossistemas Pastoris Semiáridos.



©2018 III International Symposium on Semiarid Pastoral Ecosystems Research e V Simpósio de Metodologias Aplicadas a Ecossistemas Pastoris Semiáridos